Planos de Saúde devem autorizar a realização de cirurgia reparadora pós-bariátrica

Os excessos de pele ocasionadas pelo rápido emagrecimento também devem receber atenção terapêutica, já que podem provocar diversas complicações de saúde, a exemplo da candidíase de repetição, infecções bacterianas devido às escoriações pelo atrito, odores e hérnias, não se qualificando, a retirada do excesso de tecido epitelial como procedimento unicamente estético, ressaindo sobremaneira o seu caráter funcional e reparador. ⠀

Além disso, igualmente entendem os Tribunais, que a operadora do plano de saúde deve arcar com os tratamentos destinados a cura da doença, incluindo as consequências decorrentes dela, nesse caso, cirurgia reparadora no abdômen. ⠀

➡Você sabia dessa informação? Já imaginou o quanto é desgastante uma pessoa passar por esse tipo de situação e estar desassistida pelo plano de saúde? ⠀

Pois saiba que existem soluções para este problema e sendo necessário, procure ajuda de um profissional.⠀

Voltar